Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perereca solitária...[AlexMarq]

Perereca solitária...
[ Alex Marq ]
 
Tadinha da pererequinha triste e sem par...
Passava o tempo na beira do lago...
Devaneando-se a sonhar...
 
Com emoções de romances nunca sentidos...
Nuances e visões nunca vistos..
Beijos roubados e abraços apertados nunca envolvidos...
 
Triste pererequinha seca e solitária...
Que sonhava um dia ter seu par...
Um jovem que a amasse e um dia lhe fizesse se molhar...
 
Os jovens que iam na tarde no lago a nadar....
Não viram na beira a triste pererequinha calada...
Num passo desatento para a água foi lançada..
Feliz tornou-se a pererequinha...
Por ter achado o rapaz que fez ela se molhar...
( Alex Marq, 11 de maio de 2005)
Alex Marq
Enviado por Alex Marq em 12/05/2005
Código do texto: T16513

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Marq
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
79 textos (78166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:45)
Alex Marq