Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ousadia

Se sonhar demais é querer o impossível,
ter o merecido é  considerá-lo razoável,
ponto de partida à infinda empreitada,
que seja ela muito labutada e aguardada
por quem seu potencial nao desperdiça,
de ousadia em punho e n'alma esperança!
 
O peregrino escala um'íngreme montanha
entre nevascas e trovões,nem tanto sua,
mas a suas mäos um quinhäo se aninha
e o sol no longinquo jornadear continua
a esperar seu êxito sangrando'entranha.
Apos hirto desafio o Bálsamo o perpetua!
 
Sonhar! Sagrado direito vitalicio do ir,
incondicionalmente vestido de clara fé,
que abole à meia lida imprevisto partir,
hà que somar esforço tal vagas da maré,
indo-vindo,minguando e crescend'o pedir
à ousadia forte qu'a humanidade dispare!,
 
porque ao contrário,  a inércia vitoriosa
esmagando sonho no ventre da alvorada,
em elegia à morte total  da magia ditosa,
descolorirá tantos jornadeares que à vida
suplicam exista a perpetualidade maviosa,
vencendo os prantos, em missao caridosa!
 
Grenoble-Fr-31/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 31/05/2006
Código do texto: T166702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:56)
Inês Marucci