Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS PALAVRAS

APENAS PALAVRAS
Marcial Salaverry

Palavras soltas no ar, o vento pode levar...
Sorrisos sem sorrir,  o tempo pode apagar...
Promessas não cumpridas, vão-se com a maré...
Depois que a boca fala, e se cala,
pode falar de novo...
Mas apenas serão
palavras sem emoção,
que nem sempre vem do coração,
e que apenas palavras serão..
Muitas vezes, até falamos
que muito amamos...
Não queremos apenas mentir,
pois falamos aquilo
que realmente gostaríamos de sentir...
E assim... jogamos palavras ao léu,
mas não podemos cobrir com um véu,
as janelas de nossa alma...
Esquecemos que temos
duas janelas iluminadas,
denunciando toda e qualquer
emoção que nossa alma sentir...
São janelas que revelam nosso sentimento,
que traem nosso pensamento,
simplesmente revelando
aquilo que queremos esconder.
São como janelas sem cortinas,
sem qualquer disfarce ou cobertura,
mostrando a todo o mundo
o que temos dentro de nós,
ao mesmo tempo que nos mostra
o que vai pelo mundo.
Janelas que abrem nossa alma...
São os nossos olhos,
que como atestados com firma reconhecida,
mostram o que levamos no coração.
Palavras se perdem...
Promessas não se cumprem...
Mas o brilho que temos nos olhos,
jamais se perderá...
Denuncia uma alma pura,
aquele olhar cheio de ternura...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 13/05/2005
Código do texto: T16735
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19840 textos (1961329 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:15)
Marcial Salaverry