Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRESO

PRESO...
INDEFESO,RÉU
REZO
E PREZO
A LUZ FILTRADA
LUZ ROUBADA
POR ENTRE A GRADE
GRADE QUE MARCA
E DEMARCA
A LIBERDADE.

PRESO COAGIDO
DA VIDA
BANIDO,
FEITO
FERIDA.
PRESO
EXPURGO
COESO
O BURGO
ORGULHO
DE SER ARDER
SEM NADA TER

PELO VÃO
PELA FRESTA
VEJO A VIDA
CONFUSÃO
DE FESTA
PROIBIDA,
COIBIDA
AO PENETRA
SEM DOTE
Á NÃO SER
O NÃO TER
NÃO PODER...

CONSORTE
DA MORTE,
O DOTE,
É O CORTE
DA NAVALHA
E A GRADE
NÃO É GRADIENTE
MAS,
EXCLUDENTE
HERANÇA
DOS SEM TETO
SEM DENTE
SEM AFETO
QUE QUEIMAM
NA TEIMA DE SER ..GENTE.
Teca
Enviado por Teca em 02/06/2006
Reeditado em 03/06/2006
Código do texto: T167870

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1120 textos (122832 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:31)
Teca

Site do Escritor