Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriaguez

Pare! Acho que bebi demais!
Se parasse (e de vez, rapaz!),
Veria que enchi todo o pote!

Notou que passei da conta?
Sei lá! Estou tão tonta...
Talvez ninguém se importe!

Quem se preocupa comigo?
Procuro um ombro amigo
Daqueles com colo quente.
(Amigo imagina o que a gente sente...)

Me dei conta de minha solidão:
Se sóbria, dói o coração;
Se ébria, dói no meio do peito;
Concluo que amor não tem jeito!

Daniela Pucu
Enviado por Daniela Pucu em 03/06/2006
Reeditado em 11/08/2006
Código do texto: T168355
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Pucu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
29 textos (1872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:43)
Daniela Pucu