Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUNDAMENTAL

Fundamental
É morrer
E nascer de novo
É sorrir
E chorar
É dormir
E acordar
É saber
que tudo começa
quando  tudo termina

Fundamental
É amar
É beijar como se fosse o seu último beijo
E se entregar por inteiro
Pular o muro
E se dar ao luxo
De viver dez por cento
De suas ilusões

Fundamental
É o êxtase
O prazer
O viver grandes paixões
É olhar através do mundo
De suas indagações
É se permitir sonhar
Perder o sono
E viajar por paraísos
Sem sequer sair do lugar

Fundamental
É a fantasia
O gostar de viver
É a loucura do momento
Que você gostaria de fazer
É passar pelas  fronteiras
Dos seus limites
É arrancar as máscaras
colocar a cara na rua
se vestir e ficar nua
no meio da vida
nas avenidas
de suas decepções

Fundamental
É o colo
Que não sabemos pedir
Que negamos precisar
É a lágrima solitária
Que se afoga em nosso mar
É o olhar para dentro
Nascer ao contrário
E entender
Que o gozo é apenas o fim

Fundamental
É se permitir todas as emoções
Experimentar novas sensações
Fechar os olhos
E perceber
Que você é um grão
De mostarda
Perdido nessa imensidão

Fundamental
É simplesmente viver.




angela soeiro
Enviado por angela soeiro em 04/06/2006
Código do texto: T169194
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
angela soeiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
88 textos (3360 leituras)
1 e-livros (36 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:17)
angela soeiro