Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
JUSTIÇA

Diz o insensato:
--Eu sou a justiça!
Pensa estar acima
do bem, do mal, de tudo.

Diz o imprudente:
--Não há justiça!
Quer viver impune.
Mente, mata, furta.

Esconder a justiça,
fogem as virtudes,
o homem rasteja...
A vida é perdida!

Justiça aplicada
faz forte a nação,
Traz dignidade.
É certo o amanhã!

Deus ‘stá acima do mal,
não ‘stá acima do bem,
Ele ao mal aborrece,
é o bem encarnado.

O homem, acima do mal,
só praticando o bem.
Deus se alegra, ama
e dá-lhe o Reino dos Céus.
Muniz de Albuquerque
Enviado por Muniz de Albuquerque em 04/06/2006
Reeditado em 20/05/2009
Código do texto: T169224
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rosival Muniz de Albuquerque www.rosivalmuniz.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Muniz de Albuquerque
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
136 textos (45348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:24)
Muniz de Albuquerque