Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Batalha da Humanização

Levanta-se cedo e vai trabalhar
Da boca pra fora o seu coração
Que – coitado – não pára!
Não pode parar!

Chega ao trabalho já desanimado
Nem lembra de seus amigos cumprimentar
E, embora demonstre que está cansado,
Pega de seus instrumentos e vai trabalhar.

À hora do almoço, ao meio-dia,
Senta-se em um canto para almoçar...
E mesmo cansado, barriga vazia,
Não tem forças para mastigar.

Por um instante deseja morrer
Mas, pensa nos filhos:
- “Como ficarão?” –
Precisam dele para sobreviver.

Acalma-se – domina o pensamento –
Volta deprimido ao trabalho
Sente o cansaço de cada momento
Diante do tempo, da bigorna, do malho.
Daniela Pucu
Enviado por Daniela Pucu em 07/06/2006
Reeditado em 07/06/2006
Código do texto: T171135
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Pucu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
29 textos (1872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:40)
Daniela Pucu