Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESTINO QUE TRAÇOU...

Um dia, daqueles sem tormento
Notou alguns jovens passar
Uma roupa diferente, sem moda
Uniforme Militar

O coração bateu mais forte
Tal qual coração de paixão
Seu destino entregou a sorte
E sua vida a profissão

Foi fotógrafo, coroinha
Mágico e algo mais
Foi também jogador
Mas isso deixou pra trás

Agora se vê fardado
Apetrecho e aparato
E vem de novo a lembrança
Daquele velho orfanato

Uma lágrima a resumir
Toda a alegria do Sd Valência
Mas preferiu resistir
Já chorava com freqüência

Ao meu Pai, que cumpriu 30 anos de Caserna e foi exemplo entre os seus.

O Guardião
Enviado por O Guardião em 08/06/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T171601
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34445 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:19)
O Guardião