Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só zele pelo o que é de graça

Homem...
Porque teme em perder o não é seu?
Isso que tanto zela é da matéria
E só lhe é emprestado, não é fiel
Ouças, quando a morte lhe sorrir,
através do negro de seu véu,
o que tanto zelas deixará você ir...
Não lhe seguirá, então te pergunto:
E aí???

Zele pelo o que é seu de direito
o que é de graça
o resto, só emprestado, é farsa!
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 08/06/2006
Código do texto: T171947

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
52 textos (2158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:24)