Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

na rua

Na rua.

A imagem da fome no vento.
A criatura, alimenta-se ao relento.
Trajes rasgados e cheios de remendo.
Observa a vida, parece não perceber tempo.

Vultos circulam. em sua frente.
Que calam, o seu interior doente.
Sem que o notem, vai embora como indigente.
Nega recuperação, para voltar a ser gente.

Já saciou a necessidade alimentar.
Não tendo a certeza, de quando será o próximo jantar.
Vivendo na rua, sem ter onde ficar.
Movido pelo impulso.Que o faz vagar.

A filosofia da rua, só ele entende.
Pobre, fracassado e dependente.
Será que um dia deixara de ser emergente?
E voltara ser um homem ,surpreendente.

cristiano rezende
Enviado por cristiano rezende em 11/06/2006
Código do texto: T173556
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cristiano rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
38 textos (2592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:00)
cristiano rezende