Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESAMOR


NÃO AMO NADA
NÃO AMO O AMOR.

MEU CORAÇÃO
PARTIU-SE... CINZAS!
DESABOU-SE... DISFORME!
DESCONEXO
DODECAÉDRICO
DESCOLORIDO.

MEU AMOR,
DESAMOR.
DESARMOU-SE,
DERRAMOU-SE...

NÃO AMO, AMOR ETERNO.
NÃO SOU MAIS CAPAZ DE SEGUIR CANTANDO
E AMANDO
O AMOR QUE SERIA
BENVINDO.
AH! COMO QUERIA ESQUECER O ALFABETO FUTURO!

AGORA:
_ MEU AMOR ERRANTE ATRAVESSA O MAR BRAVIO E
AFUNDA-SE, PORÃO DE NAVIO, PARA MORRER DE VOCÊ.

by Wildon
11.06.2006
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 11/06/2006
Código do texto: T173663
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:23)
WILDON LOPES

Site do Escritor