Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESEJO SUICIDA


Ela olhava toda a cidade do alto da sacada
do prédio onde morava.
Sonhava com outra vida: pressentida liberdade.

_ preparadas asas tivesse ( ou pára-quedas)
do vigésimo andar ela saltava.

Todos os dias à mesma hora ela olhava as estrêlas
com os olhos voltados pro nada.

Seu olhar perdia-se entre os arranha-céus flutuantes.
Da sacada do apartamento
belvedere aberto para o mundo livre,
mirava a perdição
fitava o infinito.

Todas as noites
ela cantava em êxtase,
um canto louco ao som de violinos e banjos,
como se Deus a chamasse: Arcanjo!

Todas as manhãs
era acordada por anjos azuis,
embebedada
e saciada pelo espirituoso
sonho da noite .

Ela desejava em sonho
o que não chegaria nunca
Encontros e despedidas
Compunham-se e deliravam-se
absurdos príncipes encantados
escondidos entre nuvens,
desapercebidas.

Certa noite,
deparou-se encenando ritos
sem gritos
só delírios, dialética e desvarios,
e enlouquecida,
saltou desbravando o vácuo,
efêmera
desejo claramente suicida.
Sonhou o que vem logo depois do sonho... o vôo!

Voou em busca do seu amor!

- AVIENLYW - (11.06.2006)

WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 11/06/2006
Código do texto: T173682
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:59)
WILDON LOPES

Site do Escritor