Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristes Versos

Quando o peito afogou seu sopro frio
Tudo emudeceu
No jardim de rosas pálidas nasceu a dor
Como reviver o coração partido?
Se o nosso lago se congelou
Se nesta vida nunca houve amor
Perdeu-se em curtos passos no caminho
O sentimento que sonhei ser meu
E que a vida me levou com rancor
Em prantos se desfez meu mundo colorido
Da boca meiga onde um beijo nasceu
Sinto o gosto de lágrimas, o amargor
Com você enxergava o infinito
Uma constelação até mesmo no breu
Enlouquecida em ilusões, mergulhada em ardor
Restou-me a marca num coração ferido
A saudade calada do que já morreu
O semblante pálido e sofredor
Me deixaste sozinha no alto de um abismo
Sempre à espera de um chamado teu
Sempre a escrever tristes versos para ti, Oh, meu amor...
Josiane Lima
Enviado por Josiane Lima em 12/06/2006
Código do texto: T173989
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Josiane Lima
Espanha, 31 anos
52 textos (2145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:58)
Josiane Lima