Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nas Entrelinhas do Show

Pelos cortiços dos becos,
no vai-e-vem do metrô;
pelos balcões dos botecos,
nas entrelinhas do show...
No lado pobre do povo
os sonhos se despedaçam
e um vento sopra, de novo,
na insensatez dos palácios.

É a bailarina do morro
que não possui sapatilhas,
o estudante faminto
que não aprende a cartilha.
- Uma angústia de esporas
nas cicatrizes da doma. -
É um palhaço que chora
num picadeiro sem lona.

Na histeria do estádio,
no samba-enredo da escola,
no som das ondas do rádio,
no gol que sonha na bola:
Uma estranha alegria
que faz o povo feliz:
No ópio da fantasia,
a embriaguez do país.

É o menino de rua
que cola a infância no vício,
nossas meninas tão nuas
crucificadas no ofício...
É o pedreiro, sem casa,
na corda bamba do andaime
que, às vezes, voa sem asas
e se liberta da fome.



Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 12/06/2006
Código do texto: T174250

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:11)
Vaine Darde