Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cadê o meu Brasil?


Dos tons do teu peito juvenil
nascem esperanças ipirangais
retumba a tua voz
sobre os escombros do meu cais.

Sou poeta
sou herdeiro nato
dessa terra ferida
que ama a todos sem cor.

Meus pais
meus avós
meus bisavós
meus trisavós...

Onde estão suas glorias?
Onde estão minhas glorias?
O que posso fazer pelo meu país?
Por acaso acabou-se tudo com uma bomba atômica?

O sangue ainda corre em mim
não quero perceber só o fim
meus filhos querem viver
gentil,pátria amada Brasil.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 15/06/2006
Código do texto: T176271
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
736 textos (26906 leituras)
1 áudios (179 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 15:27)
Condor Azul