Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IRREFLEXÃO

Sinto-me, como quem perdeu o siso!
Estou tresvariante
dentro da concepção
que me leva a crer nos outros!
Torno-me escravo da dor...
bebo o amargor que
escorre dos atos
que afugentam a alegria!
É...
mas,
aos poucos o amor vai morrendo,
vão sendo relaxados os ânimos
e a fé vai-se apagando
para dar lugar ao vazio!
Não darei mais valor
à irreflexão cotidiana!
Viverei em mim mesmo,
não cogitarei de ninguém
para me atordoar a visão!
Assim,
não serei mais repelido
ou rejeitado no ato
que complementa a beleza
íntima dos seres,
porque não me enfraquecerei
em suposições e amorosidades
não recambiadas!
´
Zecar
Enviado por Zecar em 18/05/2005
Reeditado em 01/07/2016
Código do texto: T17662
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:35)
Zecar