Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO ME TORNO VAMPIRO!...

Não sou daqueles
que sugam o sangue e
entregam as artérias vazias:
Fortifico as paredes
para o trajeto dos fios...
não me torno vampiro
do sangue da vida...
não destruo.
Movimento a engrenagem,
lubrifico os vasos!
O oxigênio
profundamente respirado,
transpõe as entranhas
e alcança o ápice
de sua rota:
-o lugar onde repousam
os meus bons sentimentos e
está o distribuidor
das minhas reações
que lançam pelo escapatório
os resíduos da irreverência!
Zecar
Enviado por Zecar em 18/05/2005
Reeditado em 01/07/2016
Código do texto: T17664
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:21)
Zecar