Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nobre Despedida

Adeus...
Por hora é tudo que a ti digo
Sem sonho, sem cismo
Sem dor por detrás das costas de minha consciência...

Talvez depois, muito depois,
um torpor tome conta das excências
o amor vença todas as ciências
E um crime sujo já não deixe evidências...

Qual dos seus sistemas fúteis
me traria à lucidês novamente?
Aliás, de que serve a "lucida-mente",
para alguém já vencido por mentiras!?

Diabos.. Para quem guardo meu louvor?
se nada posso ver com nigidez absoluta
Viver de quê? Clemência, doença, descrença?
Não, agradeço. Prefiro morrer de amor.

Oscila mundo, Oscila mente...
Oscila você em sua caminhada
Como um pião, gira-gira até cair.
como um pião. Gira e mais nada.
Nightmary
Enviado por Nightmary em 19/06/2006
Reeditado em 19/06/2006
Código do texto: T178156
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nightmary
Salvador - Bahia - Brasil, 28 anos
7 textos (501 leituras)
2 áudios (162 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:42)
Nightmary