Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FAZ DE CONTA

Quem dera fosse eu criança e pudesse brincar de faz de conta!
Louco , maluco de pedra é quem crê que faz de conta é brincadeira pueril,infantil.
Só os adultos brincam de faz de conta.
Crianças...Essas vivem!
Adultos,ah!os adultos brincam como ninguém de faz de conta.
Vestem-se como semideuses,
No olimpo mascaram suas dores.
Mistificam o real vivendo num mundo paralelo  entre a ficção e a realidade.
Que pode ser mais ou menos assim...
Faz de conta que como caviar mesmo quando a miséria está a me rondar;
Faz de conta que somos auto didatas, intelectuais mesmo quando somos analfabetos funcionais;
Faz de conta que somos conectados interligados,mesmo quando nos sentimos paralizados;
Faz de conta que não estamos envelhecendo ,mesmo quando o joelho já esta doendo;
Faz de conta que não nos importamos com a beleza,mesmo quando botox é uma certeza;
Faz de conta que não temos medo ou horror,mesmo quando me escondo no cobertor.
Faz de conta que fotografia é objeto de decoração ,mesmo quando a saudade dói no coração;
 Faz de conta que não tememos a solidão, mesmo quando nos afastamos sem razão.
Faz de conta que faz
Desfaz
Tanto faz,mais...
Faz de conta que você nunca brincou de faz de conta?
lisbella
Enviado por lisbella em 18/05/2005
Reeditado em 24/08/2005
Código do texto: T17844
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisbella
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 50 anos
345 textos (16838 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:21)
lisbella