Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FILHOS DO DESCASO

Gritam os filhos do descaso,
espalhados pelos poços da indiferença...
Invisíveis ao olhos egoístas
Retire a venda
e os veja em meio a multidão.

Um momento de compaixão,
Um sentimento de impotência correndo pelas veias.
O fardo da injustiça pesando na conciência,
ao deparar com a relidade dos que vivem com resto do mundo...
Alimentam-se da coragem que nos faz chorar.
Porém de nada adianta as lágrimas aos olhos da fome...

Uma ferida aberta na sociedade,
que não para de sangrar...
Ferida está tão simples de curar,
basta que se movam mãos consientes
para cicatrizar.
Débora Castro
Enviado por Débora Castro em 20/06/2006
Reeditado em 21/06/2006
Código do texto: T178816
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Castro
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
114 textos (5597 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:38)
Débora Castro