Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu vi...


Então vi...
A maldita metamorfose que se tornaram nossas vidas
Pensar talvez um dia eu fosse
Chorei, cantei, na mágica da calamidade da sobrevivência.
Mas eu ouvia gritos, uivos, sussurros, vindo do além.
Podridões se mexendo em minhas vistas.
E eu não conseguia compreender tudo aquilo
Era estranho, melancólico.
Logo eu disse: “NÃO, NÃO, NÃO”.
E me disseram veja porra
Então eu vi, todavia não acreditei.
Chorava e sorria, tremia e falava.
Havia fumaças, não consegui entender.
Tentei, e tentei, mas não consegui.
Era estranho, paranóico...
... Era um humano
Ton Dourado
Enviado por Ton Dourado em 20/06/2006
Código do texto: T178888
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ton Dourado
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
80 textos (2628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:10)
Ton Dourado