Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jogo da Vida I

 
Do tudo um pouco quero fazer.
Do que consegui e não consegui realizar.
De tudo que fiz e não fiz.
Do que tenho a fazer e do pouco tempo que
 tempos para realizar a própria
vida.
O pouco tempo que temos para seguir o
 caminho que um dia traçamos e
destrançamos por ignorância.
Sei das limitações.
Do pouco que resta, só não sei o tempo que será.
Pode ser hoje como bem longe e bem vivido.
Sei o que é e o que será.
E, embora a realidade ninguém queira ver...
Tudo se encontra no fim.
Sempre esteve e sempre estará.
Tudo tem que ter sua essência e o bom é saciarmos
 até a última gota do néctar da vida.
Sei que o tempo é curto demais para
 representarmos os atos e muitas vezes,
A vida é um poema inacabado
ZEL
Enviado por ZEL em 21/06/2006
Código do texto: T179523
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33940 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:13)
ZEL