Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTOCHE


Morreu,
Fingia ser poeta,
Apenas um fantoche,
Escondia-se na alma,
Foi enfim reconhecido.
Seu retrato já mofado,
No lixo foi jogado,
Destruíram suas poesias,
Eram letras de mentira,
Palavras vazias,
Foram enfim excluídas,
Nunca foram sentidas,
Somente elaboradas..
Lamentável  equivoco,
Encerrou-se então o ato
O palco ficou vazio...

18/06/06

Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 21/06/2006
Reeditado em 21/11/2009
Código do texto: T179914
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37144 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:43)
Sonia Ferraz

Site do Escritor