Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA QUE DINHEIRO?

Claro que é para se gastar
Mas com o devido controle
Ou sem nada irá ficar
E sofrerá sem sentir dores.

Dinheiro eu ganho e gasto
É para isso que serve
Com ele torno-me o máximo
Mas com ele também se padece.

O dinheiro eleva o nível
Mas torna-se perigoso
Para a segurança é imprevisível
Após torná-lo grandioso.

Para que o dinheiro?
Se não usá-lo à vontade?
Compro o que realmente quero
Vivo com tranquilidade.

Dinheiro causa o bem estar
Traz e retira a privacidade
Situação elementar
Deve-se meditar com seguridade.

Do livro:"Nós Somos Poesia" (Câmara Brasileira de Jovens Escritores)- 2005 - Rio de Janeiro-RJ.
 


Antonio Cícero da Silva (Águia)
Enviado por Antonio Cícero da Silva (Águia) em 24/06/2006
Código do texto: T181632
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Cícero da Silva (Águia)
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 54 anos
199 textos (20316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:31)
Antonio Cícero da Silva (Águia)