Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ILUSÃO

Tantas e tantas vezes os construí
Eram tão belos e perfeitos
Majestosos e apontavam para o céu
Com forma, mas sem cimento
Tinham o brilho da estrela (utópica)
Pilares? Sim...mas, aqueles dos poetas
Espécies raras? Nem tanto...
Somam mais de mil, secretos são
Vivem no interior de cada um de nós
Como valsas em bailes da corte
Como um palco com luzes e palmas
Pés no chão, mas quem sabe voar...
Alçar o vôo mais alto e cair
Continuar a luta e a construção
Com rimas e planos, emoção
Com versos tirados dos sonhos
Eternos na magia do momento
Eram castelos, só que de areia.
pássaro poeta
Enviado por pássaro poeta em 29/06/2006
Código do texto: T184635

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pássaro poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
535 textos (101564 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:29)
pássaro poeta