Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino

E o que se faz quando o destio usurpa a vida...
quando o real se torna o fim...
e o antes ,inacabável,simples como o vento:Acaba!!!!
O que dei sempre foi pouco...
não vou negar o que tenho...há muito  que eu gardo e nada me sustenta....
as coisas são só coisas que antecedem coisas para virem a ser coisas...
e que coisa então é essa que não me pertence...
mas faz o meu destino...
faz o caminho que eu por si só não posso ver...
Vi muito além do que devia
agora o destino que eu vivo a cada dia me parece muito pouco...
não posso simplesmente coagir contra tudo que não gosto...
porque as coisas são tão diferentes...
duras demais enfim...
antens podia falar do medo...
mas vem esse destino e humilha as minhas lágrimas...
e eu que só queria um pouquinho do seu destino no meu destino
que influencia eu posso ter se não há ninguém aqui...
Destino solitário?
Destino decadente?
Destino sem destino?...ou há um meio?...ou será o fim?
Destino incerto.Eis a certeza...
digo que tanto vi...mas nada sei...
e o que sei é tão pouco que pareço tão vazia...
É isso...DESTINO VAZIO!!!!
Vazio em mim...
VAzio em você...
Um mundo vazio...cheio de destinos vazios que hão de se completar...
Isso que espero um destino só vazio ...
Que à de ser contemplado com vidas cheias de destinos vazios....
Eis que me sinto tão vazia...
Destino vazio pra todos nós então...







Larissa Matos
Enviado por Larissa Matos em 30/06/2006
Código do texto: T184968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Larissa Matos
Campo Verde - Mato Grosso - Brasil, 30 anos
33 textos (2974 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:17)
Larissa Matos