Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O Imenso Mar

Perco-me no oceano,
essa imensidão de lágrimas incolores,
Essa cama de algas e dores,
Que miro durante a noite!
Navego, por entre paixões bravias,
entre luares e maresias,
no meio do infinito!

Entre brumas revoltas,
de um passado, sem era,
revejo-me turvamente,
e descubro-me, uma quimera!!

Mas serei quimera?
Serei sonho?
De rosa em pele macia?
Ou serei fantasia?
Só o meu amor, o pode dizer,
mas onde está ele?

Por onde navegam seus beijos?
Seu toque que me desperta,
e faz renascer em mim,
a beleza d'uma rosa aberta!

Ele de faz de mim, Deusa,
Faz-me bela criatura,
Recria-me, na Ternura!
Mas quem sou eu?
Sou o que agora começa,
e logo se acaba?
Serei eu, pó que na prateleira fica?
Ou uma velha fotografia,que se esquece?
Que se recorda?
Ou serei somente a névoa,
que te envolve docemente,
num sonho condescendente,
de alvura, luz e Paz! !
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 02/07/2006
Reeditado em 29/05/2010
Código do texto: T185954

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:23)
Aguarela Matizada