Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminho

Eu fui teu arrimo
Teu calmo abrigo
Teu ninho, teu porto
Mas tua partida
Ninguém impediu.

Madrugada escura
A noite é fria
Coberta de nuvens
Cai lenta a chuva
Que te envolverá

Tropeças nos becos
Nas pedras te feres
Deslizas nos charcos
Nas tortas sarjetas
Cambalearás

Perdeste o caminho
Meu doce amparo
O retorno seguro
E ventos insanos
Te conduzirão

A porta aberta
Inútil passagem
Chorosa, saudosa
Cansada da espera
O lar trancará

Onde te perdeste, amor?
Que lábios te beijaram?
Que vãs promessas
Ao inferno te levaram?


vitória Paterna
Enviado por vitória Paterna em 02/07/2006
Código do texto: T185966
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vitória Paterna
Santo André - São Paulo - Brasil, 63 anos
133 textos (8673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:27)
vitória Paterna