Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROGRESO

PROGRESSO

Lá onde eu brincava
corria feliz e saltava,
nas águas do rio
de água limpa e fresca,
na poeira da terra,
vivi as primícias
da minha história.
O asfalto pintou
com a quentura do preto
e transformou,
trabalho funesto,
o paraiso onde eu adorava viver.
O progresso mundano
sujou, maltratou e acabou.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 07/07/2006
Código do texto: T189355

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50924 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:35)
Mario Rezende