Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ação


Eu quero transar com o medo
Expandir a vida
Trazer das mágoas a felicidade
E dos poros o amor
Olhar distante e ver além de tudo
Abrir uma porta e fechar duas janelas
O meu plano secreto era tentar viver
Oh mundo desfragmentado
Loucura, maluquice, demência.
O sinônimo da morte é a vida
Já o sangue é o nosso cálice de fogo
Abstinência e síndrome do conhecimento
Maldito vicio do esquecimento
Vontades peculiares
Amores singuralres e plurais
Sintomas de uma febre anormal
Apenas um sintoma da realidade
Tudo é sempre normal e anormal ao mesmo tempo
Asquificia doida por vontade da carnificina
Desintegram a minha pele
A levaram para o açougue
Um cérebro virgem é uma ilha de edição
Ton Dourado
Enviado por Ton Dourado em 10/07/2006
Código do texto: T191066
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ton Dourado
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
80 textos (2628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:19)
Ton Dourado