Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADES... PAI


Tinha eu quase sete anos
Quando vi meu pai partir,
Da casa de minha mãe
Sem ao menos se despedir.

Recordo aquele dia
Ainda eu era uma menina,
Vi meu pai desaparecer
Ao virar aquela esquina.

Porque tem de assim ser
Porque se separam os pais!
Deixam os filhos a sofrer,
A casa não voltam mais.

Deixa-se de ser marido
Mas nunca se deixa de ser pai,
E nunca se deixa de ser filho
Daquele que se vai.

Acredito que quem parte
Leva o coração desfeito,
Mas para sempre ele ficou,
Aqui dentro do meu peito.

Pai...

Estejas onde estiveres,
Nunca te esqueças de mim,
Eu sei que tu me queres
E amo-te mesmo assim.


Biazocas
Enviado por Biazocas em 10/07/2006
Código do texto: T191338
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Biazocas
Portugal, 65 anos
425 textos (15843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:01)
Biazocas