Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sentados na pracinha

- cuma é qui foi, seu moço?
- desgosto, muito desgosto! desgosto profundo.
- profundis?
- é, rapaz, é.
- ué?! Uscaruáidi?
- quê? que qui cê sabe dele, homi?
- Di Profundis.
- leu tudo?
- tudin’, tudin’
- ah... porque então você não fala Oscar Wilde,
como deve ser e com o desejável sotaque britânico?
- que’eu sô de Carangola, véio, qui nem ocê, uái(di)!
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 11/07/2006
Código do texto: T191628

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:20)