Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Último Beijo Seco

Ver-te sumir com o bater da porta
Foi uma dor tão grande, bruta, torta
Senti-me em meu mais cruel pesadelo
Ao ver-me no chão arrancando os cabelos
Por saber que tu não te importas
Que nossa história, para ti, está morta
E que nossos beijos já secam e ulceram
Como uma carcaça que os vermes esperam
Devorar com suas bocas malditas
Com a mesma vontade que tu me evitas
E partes com pressa, batendo o vestido
Limpando meu cheiro do fino tecido
E algumas migalhas do meu coração
Thiago Zanetti
Enviado por Thiago Zanetti em 12/07/2006
Reeditado em 12/07/2006
Código do texto: T192388
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Zanetti
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 30 anos
212 textos (41334 leituras)
68 áudios (7571 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:40)
Thiago Zanetti