Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último Olhar

Último Olhar

Caminha na aurora daquele dia
Essa pobre alma errante
Olha ,para ,silencia
Sente aquela dor angustiante

Ainda vem reminiscências
Daquele olhar, um dia frio
Último olhar sem paciência
Vem  num leve arrepio

Ventos gelados e cortantes
Esboçam a face daquela alma
Esboçam a tristeza,entediante
De um jeito que nunca acalma



Ah!amor porque saístes de meu peito?
Levaste toda aquela emoção
Tirou minha paixão
Me deixou sem jeito

Compara-me com aquela árvore seca
Que nem frutos rende mais
Que nem folhas nascem mais
Nem amor brotam mais

Essa alma q vai assim
Não acha nada é o fim
Nem descanso ela encontra
Caminha a esmo numa afronta
Poeta Allan Garrido
Enviado por Poeta Allan Garrido em 13/07/2006
Código do texto: T193109

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Allan Garrido
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 37 anos
305 textos (11107 leituras)
16 áudios (726 audições)
10 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:15)
Poeta Allan Garrido