Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pensando



Às vezes, sozinho em meus pensamentos
Fico a imaginar por longos momentos
Como o mundo é assim tão cruel.
Quantos filhos desta Pátria por aí abandonados
Chutados, pisoteados, famintos e humilhados
Abrigados por folhas de papel.

Como é, meu Deus, que o Homem pode ser assim?
Brigando, matando, adulterando e, enfim,
Não se dar conta de que somos irmãos?
Não percebe que ao seu redor,
Tem a criança, o menor, sofrendo o pior
Sem ter direito a um mísero pão!

E a vida, ferida, esquecida, perdeu seu valor?
Onde a esperança, onde a bonança, onde o amor?
E o futuro que legaremos, que construiremos
Para os que aqui ficarão?
Será de paz, prosperidade, o que mais?
Será de perdão?

Não sei; o porvir saberá.

Edivaldo Silva
Enviado por Edivaldo Silva em 13/07/2006
Código do texto: T193449
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edivaldo Silva
Pindoretama - Ceará - Brasil
17 textos (857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:47)