Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Semeie a Semente


Não te condenes ao maior medo
Nem se entregue ao pior desespero..
Porque nesta chaga ainda concreta
A dor nunca há de ser perpétua,
Só,a gritar em grandes desertos,
Com motivos ainda encobertos,
Ainda há de inspirar confiança
Se houver a mais amena esperança...
Vivas,Corras, semeie a semente!
E derrubar-te não há quem tente.
Crie para ti uma brilhante identidade,
Mas não forje a mais pura honestidade.
Nos campos com flores amarelas,
Onde há também portas e janelas,
Abertas, escancaradas à verdade...
Em minúcias o mundo é raridade.
Milla Filth
Enviado por Milla Filth em 14/07/2006
Código do texto: T193841
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Filth
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
12 textos (1828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:35)
Milla Filth