Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ISSO AQUI É BRASIL / ¿ÉSTE ES EL BRASIL AQUÍ?= TÂNIA AILENE

ISSO AQUI É BRASIL?

TÂNIA AILENE



Um país que tem dentro do seu maior símbolo escrito

Ordem e Progresso

Vemos a ordem dos bandidos, traficantes,

políticos corruptos e povo acuado.

Cada vez mais me pergunto:

Até quando vamos ficar passivos diante de

tanta chacina, tanta falcatrua...

Que povo é esse que parece anestesiado.

Chega minha gente!

Vamos mostrar que temos voz,

sangue nas veias, sofrimento singular

numa pátria que nem vermelho tem em sua bandeira.

Mas corre sangue em qualquer lugar deste Brasil.

Choramos nossos inocentes e não gritamos

por justiça!

Não peço quebradeira,ou baderna

Sim consciência para acabarmos com politicagem

de governantes que cegam um povo.

Camisetas, cestas básicas, dentaduras

Tudo isso temos que agüentar.

Democracia essa que nunca tem fim à roubalheira.

CPI vira pizza, matança não dá ibope

Chora povo pelo voto errado, pinta cara vai para rua

Pede direito e esquece de cobrar depois...

Progresso envergonhado por promessas.

Isso aqui é Brasil!

Vamos acorda meus amigos agora é a hora.

Chega, basta, não agüentamos mais

O Haiti , Iraque, ou seja lá que país for

Não é aqui...

Esse não é o Brasil que eu quero...

Será o que você quer?



¿ÉSTE ES EL BRASIL AQUÍ?
TÂNIA AILENE


Un país dentro de el cual tenga de su orden y progreso
escritos más grandes del símbolo
vemos que la orden del bandidos, distribuidores,
políticos y gente corruptos del acuado.
Cada vez que más yo se preguntan:
Hasta cuando vamos a ser pasivos delante
de tanta matanza, tanto imposture…
Esa gente es la que se parece anestesiado.
¡Mi gente llega!
Vamos a demostrar que tenemos voz,
sangre en las venas, sufrimiento singular
en una tierra nativa que ni rojo tiene en su bandera.
Pero la sangre en cualquier lugar del este Brasil funciona.
¡Gritamos nuestros inocentes y no gritamos hacia fuera
para la justicia!
No pido quebradeira,o del baderna
conciencia sí a acabar con gobernar
la política pequeña que ciega a gente.
Camisetas, cestas básicas, los sistemas de dientes
todo esto tenemos eso a apoyar.
Democracia el que nunca tiene extremo al roubalheira.
El CPI da vuelta a la pizza, mate no de la gente
de Chora del ibope para el voto faltado, pinta la cara va para la calle que
pide la derecha y se olvida de cargar más adelante…
Progreso avergonzado para las promesas.
¡Éste es el Brasil aquí!
Vamos despertamos a mis amigos ahora somos la hora.
Llega, es bastante, no apoyamos más
Haití, Iraq, ése es que el país será
él no está allí aquí…
Éste no es el Brasil que deseo…
¿Será lo que usted desea?




12/07/2006
TÂNIA AILENE
RIO DE JANEIRO
BRASIL

www.belasmidis.com/Nacional/Gonzaguinha/EVamosALuta.mid
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 15/07/2006
Reeditado em 18/07/2011
Código do texto: T194330

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30278 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:50)
Tânia Ailene Nua Poesia