Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINA POÉTICA

Poeta vulgar!
Não serás  dono da tua história
Tua vida será sem rima
 Serás o ovo cósmico quebrado
Pedaço de átomo  mutilado
Da serpente do mundo receberás o beijo
amargo da maldição
Seco será o teu coração
Manchados serão teus sonhos
Teus versos sujos e
ridículos serão rejeitados
pela toga dos literatos
Benditos serão na boca dos vadios
porque falam a mesma língua profana
Da vida receberás o laurel do
esquecimento eterno
Morrerás com a boca cheia de
metáforas plasmáticas
Na alma carregarás  a
luz das trevas até o último
dos teus dias como prêmio
pela tua triste sina!
 

Recife-PE
 


Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 16/07/2006
Código do texto: T195349
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:55)
Zena Maciel