Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um homem, eu número e o governante

Bateu um homem hoje de tarde na minha porta
com uma prancheta e perguntas estanques...
Ele estava a contar a pobreza na favela
numa conta insensível para insensíveis governantes
 
Mas o que esse homem tinha que escrever
era a expressão dos meus olhos cansados
para ser incômodo àlgum governante
durante seu bom jantar despreocupado...

O homem dizia ser do IBGE
e eu era um outro número qualquer!
E assim o despreocupado será reeleito governante
pelos números enganados e ignorantes...
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 17/07/2006
Reeditado em 17/07/2006
Código do texto: T196188

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
52 textos (2158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:38)