Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pós-modernidade

Agora, que a civilização dos humanos
galga um grau elevadíssimo
e com ela, os poderes bélicos avançadíssimos,
ao diálogo, resta um espaço mínimo e enganos.

Agora, que virou modismo
a divisão das pessoas em casta,
observando-se o volume de capital.

Agora, que avolumou tanto o xenofobismo,
a proliferação de leis já não basta,
tampouco, os direitos em declaração universal.

Já não se vê, pelas praças,
os homens portando flores;
depois que a indiferença, entre as raças,
venceu a razão, a dignidade e os pudores.

Não mais há os profissionais,
que laboravam na entrega de flor;
agora que, entre os desiguais,
o homem-bomba resolveu se impor.

Para garantir a diversidade,
já que se convencionou a divisão
das pessoas em castas,

os homens, agora, são de distintas raças;
contrário ao Criador e sua lição,
bem como à essência da humanidade.

Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 18/07/2006
Código do texto: T196605
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:53)
Cid Rodrigues Rubelita