Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRÍTICA AO PLAGIADOR

Olá querido e inseparável parceiro!
O que aconteceu? Por anda você?
Acostumei-me a tê-lo como companheiro
E faz um bom tempo que a gente não se vê!


Você que sempre escreve como eu
Usando as mesmas palavras e a mesma entonação
De repente some, parece até que de mim se perdeu
Me deixando em total "desemparo e solidão..."


Logo você, companheiro de todos os dias,
Você que é xérox da minha emoção,
O espelho que reflete as minhas poesias,
E sem mais nem menos me deixa na mão?


Se toca pessoa! Não faça isso comigo!
Você que acha que somos tão idênticos, tão iguais,
Vive tão apegado a mim, como um terrível castigo
Que até parece que temos as mesmas digitais!



Sônia Maria Grillo
(Baby®)



Vitória-ES
Baby
Enviado por Baby em 19/07/2006
Reeditado em 17/08/2007
Código do texto: T197509
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21959 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:04)
Baby