Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Culto a Mim

Cai a noite em cima de mim
Negro céu com brilhos fortes
Brisa, frio, tudo assim
Tudo bem com minha sorte.

Caio em transe, caio sim
Na noite os braços abertos
Olhos fechados, tudo assim
Como a sede nos desertos.

Cai a chuva, e eu assim
Tão imóvel como uma parede
Um Cristo, um asno, um estopim
Bem lavada, a alma sede.

Caio ao chão, os joelhos lá
Tão marcados quanto a mente
Apagada como a vela a velar
Que na chuva não acende.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 19/07/2006
Código do texto: T197649

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:03)
Júnior Leal