Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tenho Sentidos Já Dormentes

Quando eu tentei você nem reconheceu
Meu esforço a conseguir um amor possível
Nunca em arrependimento se converteu
E eu fico com as mãos atadas como um soneto passível

Quando eu tentei fazer você se sentir bem
Você ignorou, acho que você não gosta de ser amada
Ou tem medo de tal condição
É tão fácil te amar
Difícil é manter este amor por muito tempo.

Então toquei no teu rosto
Beijei teu rosto
Estava muito frio
Como a falta de pureza cúmplice
Nesta tua alma hostil e desértica
Um coração vazio que nem de luz quer-se encher
Que vive inundado de escuridão
Raiva e mal-me-querer

Você parece não ter sentimentos
Menina ouça quantas vezes eu já disse que te amo
Não, não é uma coisa fácil de se fazer
Ou até talvez seja fácil falar
E difícil sentir

Meus sentidos estão infectados pela tua frieza
Estão formigando, dormentes de arrependimento
Vai demorar mais de dez semanas pra eu reagir
Você tirou os sentimentos bons
Os que coravam meu coração
Agora está pálido
Está estático
Então agora odeio também meu coração
Que ficou parecido com você
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 20/07/2006
Código do texto: T198088

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:38)
Andrié Silva