Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

       Que rufem os tambores e toquem os clarins... 
                       que anjos cantem canções, 
                              melodias suaves 
                        que acalentem corações. 
                            Quero agora cantar  
                              a um amor divino 
                      deste que existe somente  
                          no coração feminino! 

                             A ti mulher eu canto
                                que com alegria
                               e às vezes pranto, 
                           tua vida dedicou a mim!

                            Canto a ti minha MÃE,
                             doçura do meu viver,  
                              paz do meu querer.  
                   na tua face marcas acentuadas,
                     tua voz bem mais cansada...
                     São as heranças que deixei! 

                        Nos reveses da minha vida,
                            em ti encontrei guarida
                            em teu colo eu chorei... 
                       Te digo enfim, Mãe querida
                           que és toda minha vida
                        amor maior não encontrei!

Enviado por Sô em 21/07/2006
Código do texto: T198888

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arapongas - Paraná - Brasil
56 textos (14772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:09)