Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Peleja dos vates

Pelejo co'o mar minhas tormentas
meu pavor, meu desencanto vil
os dias escuros me fomentas
as glórias dum amor vazio...

E o mar: lança teu beijo impetuoso
reclama minha força (ainda) tediada
avisa com teu sopro  venturoso
os caminhos da locura enseada.

E a loucura: sobriedade nos poetas incutida
E os poetas: donos do Recanto das Letras
E as letras: a magia da pureza bem sorvida
E eu? o poeta do mar de areias pretas.



Silva Neto
Enviado por Silva Neto em 22/07/2006
Reeditado em 30/07/2006
Código do texto: T199396
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Silva Neto
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 43 anos
117 textos (33488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:44)
Silva Neto