Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amargura

De que pensas que sou formada?
Por acaso sou de pedra?
Não tenho alma?
Que te falta fazer-me?
Cortante como uma espada traspassa-me a carne!
Corroendo meus ossos me faz tremer!
Provoca-me! tira-me do sério...
Triturando os meus nervos!
Busco internamente forças...
Incansávelmente luto...
Tentando encontar manifestação de afeto,
Atravez dos teus atos...
Para manter-me serena...
Pensas que podes reduzir-me?
Para dá lugar a amargura?
Insiste em perseguir-me?
Até quando?
Pensas que me vences?
Que consegue diminuir a minha capacidade de amar?
Engana-te!
Porque te vencerei um dia!!!
Wall
Enviado por Wall em 22/07/2006
Código do texto: T199535
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wall
Feira de Santana - Bahia - Brasil
50 textos (3089 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:48)