Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIGO A QUESTIONAR



 

 

O mal do Homem, assim como o seu bem maior,

é esta sua eterna insatisfação.

 

A procura de novos desafios,

no intelecto, na carne ou no sentimento,

que se supõem por senti-lo mais na pele,

do que o que se tem por consciência,

de um testemunho cabido ao ser humano,

torna-se assim prioridade.

 

Se formos temperados de boa índole,

ante o negro do abismo, servir-nos-emos

dessa nossa capacidade, não para

um total desinvestir da nossa condição evolutiva,

trazendo-nos de volta ao estado mais primitivo,

que invariavelmente nos conduz à Tribo,

ao culto e ao fundamentalismo, mas antes

para ao conhecimento adquirido,

passarmos um testemunho de fé,

onde impere o bom senso e a ainda querença,

nunca a prorrogativa que falseia e induz

ao disparate, como se nos julgássemos

seres omniscientes, de um qualquer Cosmos

interior e auto suficiente.

 

 

Jorge Humberto

(03/12/2003)
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 24/07/2006
Código do texto: T200819
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66674 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:20)
Jorge Humberto