Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só para loucos

Me azucrina o mundo e a alma fica só
Nenhuma palma me alivia
Todo elogio subestimo
Meu corpo ficou oco
Um templo vazio me habita

Toda as portas abertas
Nenhuma delas entro
Olho todas a placas
e não há aquela que procuro
a do lobo da estepe:
“Só para loucos”

Todas as vertentes se encontram à frente
Retornam ao mesmo leito
Só eu fico dividido
Não encontro a vereda
Não cedo
Embora a sede me aperte e seja tarde

Não quero qualquer uma qualquer canto
A música fácil dos otários
Quero aquela que desacata
Que destelhe
Que retumbe
Que desarrume as prateleiras
Que derrube muralhas como em Jericó
Não quero o pároco o síndico os cínicos todos

Me ajeito no meu inquieto
Estou no deserto e é só

.............

inspirado em Retumbos, de NajahDL

Raul Los Dias
Enviado por Raul Los Dias em 27/07/2006
Reeditado em 27/07/2006
Código do texto: T203001

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Los Dias
Argentina
512 textos (75901 leituras)
1 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:17)
Raul Los Dias