Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encima da ponte.

viviam, encima da ponte
descoberto,com cobertor
encostava-se no vidro
face de desanparado

cheirava se muito forte
caminhando a beira da morte
emundecido pela elite
respirava esperança

engaiolado, depois solto
feito passaro escapado
escapo dos predadores mas,
nao consigo sobreviver sozinho...

restava-me resto
resto de comida
resto de dinheiro
resto de lixo

sobrevivo?
como?
porque?
com o que?

são salientes que restam em
memórias
ilusórias
ou ilusão?

viver?
prá que?
comer?
o que?

vestir?
o que?
esquentar?
o que?

amar?
quem?
esperar?
o que?

depois de tanto
luxo, vivo no lixo
depois de tanto drama
queria dormir numa cama

encontrei um lugar onde
sou digno, indignamente
observando o nojo
o desprezo de todos...




Marcos Roberto de Oliveira
Enviado por Marcos Roberto de Oliveira em 29/07/2006
Reeditado em 29/07/2006
Código do texto: T204894
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Roberto de Oliveira
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 36 anos
161 textos (9673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:33)
Marcos Roberto de Oliveira